Brazil: V&M ‘withdraws’ from FSC

On March 1st, FSC-Watch reported on the murder of a peasant by guards of the company Vallourec and Mannesman, which was certified for the FSC by SGS-Qualifor.

On 15th March, the company released the announcement below, in Portuguese, communicating “its voluntary decision to leave the FSC after 8 years of very close relationship”. The reason the company gives in the release is that it does not agree with the way the audit was carried out by the certifying body (SGS).

15/03/2007

A V & M FLORESTAL lamenta o fato ocorrido na madrugada do dia 26 de fevereiro, na fazenda Pé do Morro, de sua propriedade, no município de Guaraciama, em Minas Gerais, que resultou na morte do Sr. Antônio Joaquim dos Santos.

A Empresa esclarece que tem como prática orientar a Pres Service – empresa de segurança patrimonial registrada nos órgãos oficiais -, a constantemente manter uma vigilância educativa e preventiva em suas propriedades. A equipe de vigilância contratada utiliza máquinas fotográficas para fazer os seus registros.

A postura da Empresa é, e sempre foi, a de praticar o diálogo aberto com as lideranças da comunidade onde está inserida. A empresa possui e pratica, há vários anos, uma política de responsabilidade social nas áreas de sua atuação, pois sua atividade empresarial está pautada nos três pilares da sustentabilidade – o social, o ambiental e o econômico. Portanto, promover o desenvolvimento humano, a educação e a geração de renda das comunidades do seu entorno faz parte das prioridades e do dia-a dia da Empresa.

Certificação FSC

A V & M FLORESTAL comunica o seu desligamento voluntário do Conselho de Manejo Florestal – FSC, após 8 anos de estreito relacionamento.

O interesse da V&M Florestal pela certificação FSC nasceu de uma crença da sua alta administração na busca e desenvolvimento de um processo de melhoria continua, através do exercício de uma atividade socialmente justa, ambientalmente correta e economicamente viável.

A decisão da VMFL foi baseada na não concordância da forma como foi conduzida a auditoria sobre o fato ocorrido na Fazenda Pé de Morro. A entidade promoveu uma auditoria interina baseada em pontos de vistas e opiniões. Para a Empresa, essa atitude revelou uma postura tendenciosa, o que demonstrou uma quebra da confiança na relação.

A VMFL ressalta que, o fato da empresa desligar-se do FSC em nada afeta o seu compromisso com o meio ambiente e com a sua política de responsabilidade social norteadores das suas atividades.

V & M FLORESTAL

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s